EspaÁo dos Associados   Usuário: Senha:
Assoreval
 
  • Home
  • Institucional
  • Produtos
  • ConcessionŠrias
  • Dados de Tratores Roubados
  • NotŪcias
  • Contato

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias
Milho segue desvalorizado em Chicago nesta sexta-feira
18/10/2019 13:18:31
Os pre√ßos internacionais do milho futuro seguem contabilizando baixas na Bolsa de Chicago (CBOT) ao longo desta sexta-feira (18). As principais cota√ß√Ķes registravam quedas entre 2,00 e 3,00 pontos por volta das 12h05 (hor√°rio de Bras√≠lia).

O vencimento dezembro/19 era cotado à US$ 3,92 com desvalorização de 2,75 pontos, o março/20 valia US$ 4,03 com perda de 3 pontos, o maio/20 era negociado por US$ 4,10 com baixa de 2,50 pontos e o julho/20 tinha valor de US$ 4,15 com queda de 2 pontos.

Segundo informa√ß√Ķes da Farm Futures, os pre√ßos do milho est√£o mais baixos, levando os futuros de dezembro a um teste do fundo de ontem, com os traders marcando o tempo e tentando evitar serem pegos pela press√£o da colheita.

Ao mesmo tempo a publicação desta que as notícias sobre a demanda desta semana são variadas. A produção de etanol registrou um pequeno ganho na semana passada depois que as margens melhoraram para as usinas, mas os estoques construídos e a produção total durante as primeiras seis semanas da campanha de 2019 caíram 5% já em comparação com 2018.

Agora o mercado aguarda a divulga√ß√£o do novo relat√≥rio do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) sobre os n√ļmeros de exporta√ß√£o americana.



‚ÄúOs dados de vendas de exporta√ß√£o devem ser melhores do que os 11,2 milh√Ķes de bushels (284.480 toneladas) fracos relatados anteriormente. As vendas precisam ser mais de tr√™s vezes esse n√≠vel para alcan√ßar a previs√£o do USDA para a safra 2019/20‚ÄĚ, comenta o analista s√™nior de gr√£os da Farm Futures, Bryce Knorr.

B3

J√° na bolsa brasileira, as cota√ß√Ķes operam com leves quedas para os futuros do milho. Os principais contratos registravam perdas entre 0,18% e 0,43% por volta das 11h55 (hor√°rio de Bras√≠lia).

O vencimento novembro/19 era cotado à R$ 43,30 com queda de 0,18%, o janeiro/20 valia R$ 43,90 com perda de 0,23% e o março/20 era negociado por R$ 43,70 com baixa de 0,43%.

Em seu reporte di√°rio, a Agrifatto Consultoria destacou que esta foi uma semana de maior volatilidade para o cereal, com predom√≠nio de revis√Ķes positivas para suas indica√ß√Ķes, tanto no mercado f√≠sico como nos contratos futuros.

‚ÄúO indicador do CEPEA subiu 4,5% na compara√ß√£o semanal, com o √ļltimo fechamento em R$ 42,15/sc, o maior valor desde 28 de fevereiro deste ano. Os contratos futuros tamb√©m mostraram reajustes positivos, e o destaque fica para o contrato de nov/19, que subiu 5,38% nos √ļltimos 7 dias‚ÄĚ.

A publica√ß√£o ainda aponta que, ‚Äúo mercado pouco ofertado segue como principal pano de fundo para os reajustes positivos, com a comercializa√ß√£o travada no spot gerando firmeza ao mercado, enquanto que a demanda interna mais aquecida tamb√©m colabora para novas altas‚ÄĚ.


Fonte: Notícias Agrícolas
Arquvios em anexo:
Notícias anteriores
Vídeos
Brasil um Planeta Faminto e a Agricultura Brasileira

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Fonte: BASF
Assoreval
Rua Schwartzmann, 612 - Bairro Brás Cubas - Mogi das Cruzes - SP - CEP: 08740-010
Telefone: (11) 4721.1212 - Fax: (11) 4721.1255
assoreval@assoreval.com.br